Fábrica de Óculos do Cacém
Av. dos Bons Amigos, nº 38 A
Cacém, junto à estação
Seg-Sáb: 10:00 às 19:30
Hora de Almoço: 13:00 às 14:30
219 180 122
Ligue-nos

Teste de daltonismo

O daltonismo é a incapacidade ou diminuição da capacidade de ver a cor ou perceber as diferenças de cor em condições normais de iluminação. Por este motivo, a visão de um daltónico é, muitas vezes, apelidada de “cegueira para cores” ou “deficiência de visão das cores”.

O daltonismo afeta uma percentagem significativa da população e pode afetar ambos os sexos, contudo, o daltonismo em homens é mais frequente que em mulheres, devido à hereditariedade e aos cromossomas envolvidos.
Alguém com visão normal pode identificar e distinguir 150 tons de cores diferentes, no entanto, no daltónico este número começa a cair à medida que tem menos possibilidades de criar misturas de cores.
Há, também, que ter em consideração que existem vários tipos de daltonismo e que as cores são percebidas de forma diferente em cada tipo.

O teste de daltonismo é um exame que permite perceber se o doente tem alguma deficiência na perceção das cores, ou seja, se estamos perante um indivíduo daltónico.
O teste de Ishihara foi introduzido no início do século passado e, desde então, é de longe o teste mais conhecido para este problema.
O Dr. Shinobu Ishihara, do Japão, produziu três conjuntos de testes diferentes que são amplamente utilizados e tudo com base nas mesmas placas pseudoisocromáticas.

O objetivo deste teste é identificar os números presentes em cada figura. Alguns números podem ser identificados, mesmo que a indicação diga que não, por determinados tipos de daltônicos.

Veja agora algumas imagens usadas neste tipo de testes. Se for daltónico é normal que não consiga visualizar os números apresentados.





Se mesmo com estas imagens ficar com dúvidas, venha até à Fábrica de Óculos do Cacém que nós esclarecemos-lhe tudo!

Deixe um comentário