Fábrica de Óculos do Cacém
Av. dos Bons Amigos, nº 38 A
Cacém, junto à estação
Seg-Sáb: 10:00 às 19:30
Hora de Almoço: 13:00 às 14:30
219 180 122
Ligue-nos

Sintomas, causas e tratamento da ceratite

A ceratite é uma inflamação da córnea que pode ser um problema crónico e levar ao défice visual e à perda completa da visão.
Esta inflamação é um grande desafio para os oftalmologistas, já que pode evoluir lentamente ou rapidamente, com perfuração da córnea.

São vários os tipos de ceratites que existem e, estes, podem estar relacionadas à higienização das lentes de contacto, à cirurgia ocular, à manipulação de feridas operatórias e ao uso de determinados medicamentos.

Sintomas
Nestes casos, os sintomas incluem dor, lacrimejamento, fotofobia, diminuição de visão, secreção purulenta e secreção de pálpebra.

Causas
As ceratites são classificadas quanto à causa ou características próprias da infeção: infeciosa (provocada por agentes como bactérias, vírus e fungos), traumática (associada com doenças sistémicas como a ceratite seca), alérgica (como a ceratite conjuntivite primaveril), neurológica (ceratite neurotrófica tóxica ou nutricional) ou desconhecida (ceratite de Thygeson).

Tratamento
O tratamento das ceratites depende do agente causador da infeção e pode requerer exames laboratoriais, sendo que é muito importante identificar o tipo de ceratite, assim como do medicamento adequado.
Pode haver também necessidade de tratamento com antibiótico, caso a úlcera seja severa ou exista oclusão dos olhos por tempo indeterminado.
A seleção do tratamento mais adequado deve estar relacionada ao tamanho, gravidade, tempo da ulceração e das tentativas efetivadas. Pode variar desde tratamentos clínicos não intervencionistas com lubrificação intensa, curativo oclusivo e lente de contato terapêutica a procedimentos cirúrgicos, obstrução de pontos lacrimais e recobrimento conjuntival.

Se tiver alguma dúvida sobre esta ou outra doença, dirija-se à Fábrica de Óculos do Cacém que nós ajudamos a esclarecer!

Deixe um comentário