Fábrica de Óculos do Cacém
Av. dos Bons Amigos, nº 38 A
Cacém, junto à estação
Seg-Sáb: 10:00 às 19:30
Hora de Almoço: 13:00 às 14:30
219 180 122
Ligue-nos

Nuno Azinheira comenta na “Passadeira Vermelha” com óculos da nossa ótica!

Para que nada lhe escape sobre o que acontece no mundo dos famosos nacionais e internacionais, Nuno Azinheira deve ter uns óculos à altura, ou seja, graduados, confortáveis e com muito estilo. É por esse motivo que o jornalista confiou a visão à Fábrica de Óculos do Chiado, na qual, garante Nuno Azinheira, foi “muito bem recebido e muito bem atendido”. “Grande profissionalismo”, assegurou, nesta primeira visita.

Logo após entrar na ótica, os olhos de Nuno Azinheira foram avaliados numa consulta, que é sempre gratuita para todos, ao longo de todo o ano, uma iniciativa que o comentador da “Passadeira Vermelha” considera que é “muito importante”.

“É um toque que diferencia esta casa em relação a outras e é muito convidativo para que outras pessoas possam vir a uma consulta de optometria. E, depois, têm aqui, à disposição, tantos modelos que a dificuldade está sempre na escolha”, afirmou Nuno Azinheira.

De facto, tanto na Chiado Eyeglass Factory, como na Fábrica de Óculos do Cacém, há milhares de armações nos escaparates, com os mais diversos tons, com as mais diferentes formas… e que combinam com todos os estilos possíveis e imaginários! Felizmente, Nuno Azinheira pôde contar com a ajuda dos nossos profissionais, para optar, em cinco minutos, pelos seus novos óculos favoritos.

Connosco… a inovação já faz parte da tradição! Daí que haja a graduação de armações em, apenas, 20 minutos, uma maravilha, na opinião de Nuno Azinheira: “Por uma questão de emergência, ou porque os óculos que têm já não estão em condições, as pessoas querem ter as armações graduadas o mais depressa possível e a demora na graduação dissuade as pessoas de virem comprar esses acessórios. Mas, aqui, não: ficam logo prontos! É quase como comprar sapatos. Já saímos com eles calçados, ou, neste caso, com os óculos no rosto.”

Deixe um comentário